Principios

A nossa missão é oferecer a máxima musicalidade usando os princípios de engenharia sólidos e práticos e um pensamento inovador. Queremos criar produtos que não tenham igualdade em termos de som, mas que ao mesmo tempo, custem razoavelmente.

Não gostamos da forma como soam 90% dos produtos no mercado. Não é que pensemos que se tratam de maus produtos, mas não soam bem aos nossos ouvidos. Desenhamos as nossas coisas de forma diferente. Ouvimos os nossos clientes e ouvimos a música. Ouvimos os nossos produtos por um longo período de tempo. Cada empregado da Lampizator é um audiófilo (amante do som). Cada um de nós ouve a música pelo menos metade do nosso tempo sem dormir. Possuimos uma excelente sala de estar na fábrica onde os produtos são testados em situação real.

Aqui estão alguns princípios que seguimos e outros que não seguimos.

-Desenhamos para o som.

-Optamos por especificar tudo, mesmo que apenas no pressuposto de que não dói.

-Não acreditamos na troca de fontes de alimentação – tudo o que fazemos é alimentado por antigos transformadores, usando núcleos de aço e fios de cobre polacos, fabricados por empresas locais amigáveis.

-Todas as fontes de alimentação são do tipo “linear”.

-Acreditamos que os tubos de vácuo triode soam bem e os amplificadores operacionais soam mal.

-Acreditamos que o feedback é uma má prática e nunca o usamos – nem local nem global. 

-Só usamos o feedback do cliente…

-Não somos retro, não se trata de coisas nostálgicas ou vintage. Utilizamos tubos apenas porque nos ajudam a alcançar os objetivos técnicos desejados da melhor forma possível. Somos um negócio moderno do século 21. Acontece que, através do uso de bons conhecimentos elétricos, conseguimos vencer – com o nosso som – toda a tecnologia moderna que tem pouco a oferecer ao verdadeiro amante da música.

-Tudo é desenhado internamente e fabricado à mão a partir de componentes e peças provenientes de origem local, de negócios adjacentes.